NOTÍCIAS

Escolas municipais de Castro são selecionadas para fase final do Agrinho

03/10/2018

Da assessoria

Mais uma vez, escolas de Castro foram selecionadas para a segunda fase do Concurso Agrinho Solo na categoria experiência pedagógica. A Escola Municipal de Terra Nova inscreveu a experiência da professora Carina Hampf de Oliveira intitulada "Sementes lançadas, colheitas alcançadas" que tratou dos 85 da Colônia Terra nova pelos imigrantes alemães. Foram realizadas ações com as famílias dos alunos com o objetivo de valorizar a história da colônia em concursos de fotografia, poesia e gastronomia. Na festa de 85 anos da colônia, os trabalhos foram expostos. "É uma emoção muito grande ter um projeto mais uma vez selecionado. É maravilhoso ver o trabalho de toda uma comunidade reconhecido", disse.

A Escola Municipal José Antonio Fligare Telles (CAIC) inscreveu o trabalho da professora Cintia do Rocio Jele Machado que abordou o tema "Coma bem e cuide do meio ambiente" focando na alimentação saudável e conscientizando para a redução do consumo de embalagens. Os alunos aprenderam o valor nutricional dos alimentos e o impacto que as sacolas plásticas causam no solo como a contaminação da água. "As crianças melhoraram a alimentação, passaram a comer mais frutas e verduras e isso reflete no aprendizado. Aprenderam ainda a importância de cuidar do meio ambiente", destacou Cintia.

Na Escola Municipal Rural de São Sebastião, a professora Lia Marcia Ferreira da Silva por meio do projeto "Alunos em defesa da natureza, cuidando do seu patrimônio, o solo", fez uma comparação entre o plantio orgânico e convencional de morangos, abordando ainda a formação do solo. As atividades práticas incluíram visita à casa dos alunos, ao acampamento Maria Rosa do Contestado para conhecer o cultivo agroecológico e à Fundação.

Eles também aprenderam sobre a importância da coleta seletiva fazendo reciclagem de materiais em suas próprias casas e ainda fizeram blitz ecológica em frente à escola.
Em sala de aula foram trabalhados gêneros pessoais, carta e convite. Um ex-aluno da escola palestrou sobre tecnologia no preparo do solo e um morador da localidade falou sobre como era feito o manejo do solo antigamente. "Ter o trabalho selecionado num primeiro momento foi uma grande surpresa. Estou muito feliz", disse a professora.

Agrinho

O Agrinho é o maior programa de responsabilidade social do Sistema FAEP/SENAR-PR. Anualmente, o programa envolve mais de 800 mil alunos e aproximadamente 50 mil professores das redes pública e privada, em praticamente todos os municípios do Estado.

Em 2018, o Concurso Agrinho registrou 7.003 trabalhos inscritos, que, após a triagem, 5.301 foram analisados nas categorias: Redação, Desenho, Experiência Pedagógica, Relato Escola Agrinho, Relatório Município Agrinho e Relato Núcleo Regional de Educação.

Após a avaliação minuciosa da banca avaliadora, formada por técnicos de diversas instituições e entidades parceiras do Programa Agrinho, foram definidas as 30 Experiências Pedagógicas classificadas para a segunda fase e o resultado das categorias Relato do Núcleo Regional de Educação e Relatório Município Agrinho do Concurso Agrinho.

A segunda fase, quando as professoras irão defender os projetos para a banca, está marcada para os dias 8 e 9 de outubro, na sede do Sistema FAEP/SENAR-PR, em Curitiba. A festa de premiação de todas as categorias será realizada no dia 5 de novembro, em Curitiba.