NOTÍCIAS

Saúde inicia atividades do Setembro Amarelo

10/09/2018

Da assessoria

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou nesta segunda-feira (10), atividades da Campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio. A Praça João Gualberto foi enfeitada com balões amarelos e equipes da saúde fizeram panfletagem na praça e na Rua Dr. Jorge Xavier da Silva.

Durante o mês, haverá sensibilização das equipes profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) referente a atitudes a serem tomadas em situações de tentativa de suicídio. No dia 28 de setembro serão desenvolvidas atividades educativas nas escolas para alunos do Ensino Médio. Para profissionais de saúde do serviço público haverá capacitação com o tema "Prevenção do Suicídio e Estratificação de Risco com o psiquiatra Evaldo da Luz Gomes Neto. No dia 29 de setembro a campanha encerra com a Feira de Qualidade de Vida que será realizada das 9 às 16 horas, no Parque Lacustre.

A secretária municipal de Saúde, Maria Lidia Kravutschke disse que a conscientização sobre o suicídio envolve a sociedade e que é preciso alertar a população para que todos possam ajudar. "É uma questão de saúde pública. A campanha busca conscientizar a todos para que juntos possamos buscar soluções para o problema", disse.


Números

Dados recentes apontam que, a cada ano, cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio e um número ainda maior de indivíduos atenta contra a própria vida. O suicídio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos em todo o mundo no ano de 2015. Pesquisas evidenciam que 78% dos suicídios ocorreram em países de baixa e média renda.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam o Brasil como oitavo país do mundo em suicídios. Também se constatam taxas elevadas de suicídio em grupos vulneráveis que sofrem discriminação como refugiados e migrantes; indígenas; lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais (LGBTI), assim como entre pessoas privadas de liberdade.