NOTÍCIAS

Três pessoas são presas por crime de moeda falsa

07/11/2018

Da redação

Quatro pessoas foram presas na tarde de ontem (06), em Castro; as quatro por tráfico de drogas e três delas por crime de moeda falsa. O caso teve início na tarde de segunda-feira (05). Por volta das 16h40, uma mulher entrou em um estabelecimento na Rua Coronel Jorge Marcondes, na Vila Rio Branco, comprou alguns produtos, pagou com uma nota de cem reais e deixou o local. Após isso, a responsável pelo estabelecimento percebeu que a nota repassada era falsa. A proprietária acionou a PM e foi orientada, mas a criminosa não foi encontrada até então. Já na tarde desta terça-feira (06), por volta das 16h, uma ligação informou ao 190 que um carro com três ocupantes seguiu sentido rodovia após tentar passar uma nota falsa de cem reais em um estabelecimento. Sabendo as características do veículo e dos suspeitos, a equipe policial abordou o carro na PR-151, entre Castro e Carambeí, e identificou duas mulheres, uma de 33 e outra de 35 anos, e um homem, de 28 anos. As mulheres estavam com certa quantia em dinheiro nos bolsos e dentro do carro havia mais dinheiro. Ao ser observado, foi constatado que as notas de dinheiro eram falsas. Entre os bancos foi localizada também uma bolsa com mais de 30 pedras de crack. As duas suspeitas faziam uso de tornozeleira eletrônica, tendo que cumprir a pena nas cidades de Araucária e Curitiba. Já o homem era foragido com mandado de prisão em aberto. Duas pessoas que receberam notas falsas no dia anterior (05), reconheceram as duas suspeitas como as mulheres que as repassaram. O dinheiro falso e aparelhos celulares foram apreendidos. O foragido relatou ainda que teria deixado uma certa quantia de droga para venda na Rua Cid Danton Kiel. Outra equipe policial foi até o local e prendeu uma mulher de 25 anos, apreendendo também mais de 500 gramas de crack e 30 gramas de cocaína, que estavam escondidas dentro de um pote arroz. Também foi apreendido um aparelho celular, uma balança de precisão e um caderno com anotações das vendas das drogas. Diante dos fatos, os quatro envolvidos foram presos e encaminhados à delegacia.