NOTÍCIAS

UEPG abre as inscrições para o Processo Seletivo Seriado de 2021

01/09/2021

Da assessoria

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) abriu nesta quarta-feira (01) as inscrições para o Processo Seletivo Seriado (PSS) de 2021 para estudantes que estão no primeiro, segundo e terceiro ano do Ensino Médio. As inscrições seguem até 29 de setembro e as provas estão previstas para 5 de dezembro.

As provas acontecerão seguindo protocolo de biossegurança que exige uso de máscaras, distanciamento social e higienização constante das mãos.

“A expectativa da Coordenadora de Processos de Seleção é de que, com a diminuição dos casos de Covid e com a aceleração do processo de vacinação, tenhamos um bom número de candidatos participando do PSS 2021”, diz o coordenador Edson Luís Marchinski. "O PSS é uma das maneiras mais fáceis de se conseguir uma vaga na UEPG, que é uma universidade pública, gratuita e de qualidade".

Os candidatos poderão fazer as provas nas cidades de Apucarana, Cascavel, Castro, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Irati, Jacarezinho, Jaguariaíva, Londrina, Maringá, Palmeira, Ponta Grossa, Rio Negro, São Mateus do Sul, Telêmaco Borba, Umuarama e União da Vitória. Os conteúdos a serem avaliados estão descritos no Manual do Candidato.

O pagamento da taxa de inscrição deve ser feito até 30 de setembro, nos valores de R$ 78 para o PSS 1 e 2 e de R$ 41 para o PSS 3. A divulgação dos resultados está prevista para até 23 de dezembro para os alunos que realizarem o PSS 3. Para os candidatos do  PSS 1 e 2, a divulgação está prevista para 1º de março de 2022.

As matrículas devem ser feitas exclusivamente pelo site da CPS/UEPG.

OBRAS LITERÁRIAS – As obras literárias indicadas para a primeira etapa são “Auto de São Lourenço”, do Padre José de Anchieta; e “Sonetos e Outros Poemas”, de Manuel Maria Barbosa du Bocage. Os livros da segunda etapa são “Melhores Poemas”, de Castro Alves; e “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo.

Já no PSS 3, as obras exigidas são “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos; “Obra Completa”, de Murilo Rubião; “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues; “Toda Poesia”, de Paulo Leminski; e “Quarto de Despejo: diário de uma favelada”, de Carolina Maria de Jesus.