NOTÍCIAS

UPA e Hospital Ana Fiorillo receberão projeto dos Doutores Palhaços

11/09/2018

Da assessoria

O Ministério da Cultura aprovou para captação de recursos, através da Lei de Incentivo à Cultura - Lei Rouanet, o Projeto Doses de Sorriso - 1ª Edição, que levará o trabalho da Organização Não Governamental (ONG) Doutores Palhaços - SOS Alegria, para o município de Castro. As intervenções hospitalares acontecerão com a autorização e parceria da Prefeitura de Castro por meio da Secretaria Municipal de Saúde.  
De acordo com a coordenadora artística, Micheli Vaz, as intervenções cênicas dos Doutores Palhaços acontecerão no Hospital Anna Fiorillo Menarim e Unidade de Pronto Atendimento (UPA). "O objetivo é oferecer o trabalho de humanização no ambiente hospitalar através da arte, da máscara do palhaço, possibilitando o acesso à arte e cultura como um direito social para pacientes hospitalizados, nas salas de espera e para os profissionais de saúde", disse. 
O coordenador geral da ONG, Bruno Madalozo, explica que a população não terá ônus com o serviço, primeiramente porque se trata de um trabalho voluntário, mas também, pelo fato de através da Lei Rouanet, a ONG levantar recursos com a iniciativa privada para despesas com deslocamento, cursos e oficinas, figurino, entre outros custos. "Utilizamos a mesma premissa em Ponta Grossa e realizamos cerca de 18 mil intervenções no primeiro semestre de 2018 e cerca de 300 mil intervenções em dez anos de existência da ONG", explica Madalozo. 
A secretária Municipal de Saúde, Maria Lidia Kravutschke, por conhecer o trabalho dos Doutores Palhaços, entende que o ambiente hospitalar, em ambas as instituições, ficará ainda mais humanizado, pela presença e experiência da dos integrantes da ONG. "O projeto é de grande relevância, pois através da arte leva apoio e alegria para quem está doente, se recuperando ou aguardando atendimento, envolvendo todos que estão dentro do hospital ou na UPA. E isso, com certeza contribui para a recuperação dos pacientes e para a humanização do ambiente", avalia.