NOTÍCIAS

Vapza recebe certificação nacional \"Aterro Zero\"

09/05/2022

Da assessoria

A empresa Vapza Alimentos recebeu nesta segunda-feira (9) certificação nacional “Aterro Zero” por deixar de destinar qualquer resíduo ao aterro sanitário de Castro. A entrega foi realizada pela KWM na sede da empresa com a presença do CEO da Vapza, Enrico Milani, colaboradores, autoridades municipais e membros da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Castro.
De acordo com Milani, a certificação é um marco na empresa. “Estamos trabalhando neste projeto há algum tempo e fazer uma gestão de resíduos melhor, sem levar para o aterro sanitário, é um momento que nos deixa felizes e esperamos que a Vapza seja exemplo na região”, ressaltou.

A empresa também aumentou o percentual do que é encaminhado para reciclagem. Em 2021, 3,9% dos resíduos eram reciclados e no acumulado dos quatro primeiros meses de 2022, o percentual superou os 7%.

O crescimento foi viabilizado por meio de parceria com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Castro (ACMRC) que já recebeu este ano 17 toneladas de materiais. “Com essa parceria, além de ampliar o potencial de reciclagem, expandimos a atuação da Vapza com a comunidade local, fortalecendo a economia regional, além de contribuir para a geração de renda dos catadores”, comenta Milani.

 

Reaproveitamento

Diante do cenário da gestão de resíduos, tem crescido no Brasil e no mundo, o apelo para que grandes geradores se tornem “aterro zero” desviando de aterros sanitários pelo menos 90% dos resíduos provenientes das operações das empresas.

Superando a marca mínima, a Vapza desvia a totalidade dos resíduos gerados na indústria, evitando o descarte inapropriado de materiais que ainda podem ser reaproveitados para outras atividades econômicas. Com o material coletado da Vapza, o plástico é transformado em granulado que, posteriormente, é utilizado para fabricação de lonas e filmes, além de produtos de embalagens secundárias. Já o material que não é reciclável é transformado em cimento via coprocessamento, gerando o menor impacto ambiental possível.

Desde maio deste ano, a Vapza destina 100% de seus resíduos à reciclagem, compostagem ou coprocessamento. A conquista é a primeira ação de um forte comprometimento com a agenda ESG (Environmental, Social e Governcance). Além do aterro zero, estão previstas outras ações como o Programa de Voluntariado Coorporativo, incentivo aos fornecedores locais e agricultura familiar, ações de conscientização ambiental, processo de certificação Empresa B, entre outras.